Linha Mineral Contém 1g - Parte 3: Base


O segundo produto da linha mineral da Contém 1g que testei foi a base em pó. Estão vendo aquele selinho da Nova ali do lado?! Pois então, me rendo, foi por causa dele que atirei e comprei todos os produtienhos. Tudo começou por culpa dele, rs. Mas leiam com atenção o que a marca promete para essa base.
Ao contrário do corretivo, que eu simplesmente não aprovei, essa base cumpre sim o que promete. E não foi sem motivo que foi escolhida pela revista. A principal característica dela é a cobertura natural. Realmente ela tem boa fixação e acabamento mate, mas sem deixar a pele carregada.
Como eu já disse em outros posts, minha pele é super, hiper, mega, blaster oleosa. E é claro que a base sozinha não segura esse óleo todo por muito tempo. Não adianta, tem certas coisas que a gente tem que se conformar.
A cobertura é suave, ideal para o dia-a-dia, especialmente aqueles de preguiça ou pressa. Como podem ver na foto, a base já vem com o pincel aplicador, uma espécie de kabuki. E não é preciso muito produto porque esse pincel espalha bem. Isso também é uma vantagem, pois se por um lado a minha pele oleosa não dá trégua ao longo do dia, por outro, essa base dentro da bolsa é uma mão na roda para os retoques. Isso porque eu não uso pó depois da base. E por um motivo que é quase óbvio. No caso da make mineral em pó, torna-se desnecessário deixar sua face ainda mais "pozenta". Ou seja, acaba sendo um produto "2 em 1". Claro, isso é uma opinião minha. Mas conheço outras pessoas que também pensam como eu e aplicam o mesmo conceito para bases como a Studio Fix da Mac ou a base mineral da Mary Kay. A grande sacada deste tipo de produto é justamente a naturalidade... Colocar mais pó em cima vai deixar sua pele muito fake.

Antes:  Cara de "Ai que meda". Gente, como a criatura acorda tão inchada e horrenda assim?!




Percebem como a cobertura é bem natural, mas já dá uma boa uniformizada no tom da pele? A foto do final ficou um horror e vou poupá-las do trauma, porque poderiam ter pesadelos à noite. Mas já dá pra perceber que funciona, néammm?


Então resumindo:
Cobertura: natural, mas perfeita.
Fixação: o produto espalha bem, mas em peles mais oleosas tende a desaparecer mais rapidamente. Vale usar um fluido matificante antes e durante o dia, e se for o caso dar um retoque de leve com o próprio produto.
Embalagem: Mão na roda o kabuki na embalagem. Dá pra levar para qualquer lugar e retocar quando necessário, sem esforço.

Então amygas, ao contrário do corretivo, essa base pode sim ganhar um espacinho cativo no seu coração (ou necessáire)!

2 comentários:

Carolina Corrêa disse...

Oiee!!

Vim conhecer e achei lindo o layout!
Bem-vinda ao mundo! hehehe

Beijos!

Karla Shimene disse...

Detestei essa base.
Pra mim infelizmente não deu certo.

mundodapoli.com