Moda e tecnologia: máquinas de venda expressa de óculos de sol

A gente já está mais do que acostumada com as máquinas de refrigerante. Vira e mexe topamos com máquinas de guloseimas. E mundo afora a Sephora tem até máquinas de makes: é só escolher o produto, colocar o dinheirinho (ou usar o cartão de crédito) e retirar. Fácil e prático.
E uma grande novidade está chegando por aqui. As máquinas de óculos de sol da marca Chilli Beans. Pelo menos seis das chamadas "vending machines" serão instaladas até o fim deste ano em locais estratégicos como estações de metrô, aeroportos e rodoviárias. Tudo para atrair aquele consumidor que quer agilidade.



Os locais mais nobres receberão as coleções mais luxuosas como as de Alexandre Herchcovitch. Tudo para alcançar um público direcionado e com potencial. Afinal, que atire a primeira pedra quem nunca esqueceu o óculos de sol em casa e quis morrer por causa disso.
Mas aí você pensa: como vou comprar um produto como esse sem experimentar, sem saber se fica interessante no meu formato de rosto? Tecnologia, baby. A Chilli Beans parece ter pensado em tudo. As vending machines são equipadas com uma câmera e um monitor. Ao encostar a face na tela, a máquina utiliza a tecnologia de realidade aumentada e projeta os óculos selecionados no rosto do cliente – tudo em 3D e em tempo real. Você "prova" virtualmente os modelos, não é o máximo?! Mas é bom lembrar que apenas as máquinas só aceitarão cartão de crédito.



Ah, e se o projeto obtiver sucesso em São Paulo, deve ser expandir para todo o país! Parabéns Chilli Beans pela iniciativa.

1 comentários:

Inara Silveira disse...

Gostei super!
Sempre vou nas Chilis da vida namorar os oculos!

Beijocas